Ban pede acordo de paz definitivo na Colômbia
BR

17 maio 2016

Secretário-geral elogiou acordo fechado em Havana entre governo da Colômbia e Farc; ele disse que esse é um compromisso para desenvolver plano de separação dos jovens das forças de combate.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, saudou esta terça-feira o acordo entre o governo da Colômbia e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, Farc, sobre liberação de menores das frentes de batalha.

No domingo, os representantes dos dois lados concordaram com a separação das crianças e adolescentes de até 15 anos dos acampamentos das Farc e se comprometeram a desenvolver um plano para completar a liberação de todos os menores de 18 anos de suas forças.

Programa Especial

Eles concordaram também com a criação de um programa especial para ajudar essas crianças e jovens.

Ban Ki-moon elogiou o governo colombiano e as Farc e pediu aos representantes dos dois lados que cheguem rapidamente a um acordo final para que a população possa colher os benefícios de uma paz duradoura.

A representante especial da ONU para Crianças e Conflito Armado, Leila Zerrougui, esteve em Havana no domingo para acompanhar a assinatura do do documento.

Zerrougui elogiou este "importante compromisso", que coloca a questão das crianças "no coração do processo de paz e promete mudar suas vidas".

O acordo determina que as crianças com menos de 15 anos serão libertadas inicialmente, seguida da separação dos menores de 18.

Os compromissos do documento incluem a garantia de que esses jovens serão tratados principalmente como vítimas e seus interesses serão considerados prioridades na reintegração a suas comunidades.

Leia Mais:

Enviada da ONU elogia acordo entre Colombia e Farc para libertar crianças

Acnur alerta para conflitos na Colômbia que deslocaram 6 mil em dois meses

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud