ONU marca Dia Internacional das Famílias pedindo saúde e bem-estar para todos
BR

15 maio 2016

Mensagem do secretário-geral destaca apoio necessário a crianças e adolescentes, combate à pobreza e à discriminação.

As Nações Unidas marcam neste domingo 15 de maio o Dia Internacional das Famílias ressaltando que elas estão na linha de frente para tornar a Agenda 2030 uma realidade.

Em mensagem especial sobre o dia, o secretário-geral da ONU falou sobre o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 3 que promove vidas saudáveis e bem-estar para todas as idades.

Tragédias

O líder da ONU lembrou o aumento do extremismo violento, os desastres naturais e as consequências do deslocamento forçado além de tragédias para muitas famílias ao redor do mundo.

Ban lembrou que até mesmo em sociedades, relativemente estáveis, as famílias enfrentam violência, discriminação e pobreza.

A mensagem fala ainda de crianças e adolescentes que precisam de apoio emocional além de informação sobre saúde reprodutiva e outros serviços.

Ban Ki-moon afirma que os índices de suicício são mais altos entre pessoas bissexuais, transgêneros, lésbicas jovens e gays.

Saúde

Para ele, em muitas sociedades mulheres e meninas sofrem discriminaçaõ e violência dentro das próprias famílias, o que pode ter um efeito sério e duradouro para a saúde e vida de cada uma.

Ban Ki-moon termina a mensagem pedindo a governos que apoiem o papel fundamental das famílias em todo o mundo.  Ele também conclama ao setor privado, às instituições e outros parceiros a reconhecer o cuidado como uma parte essencial da vida no lar.

Segundo o secretário-geral não deixar ninguém para trás significa também que nenhuma família deve ficar desassistida.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud