OMS revela que ar está poluído em 98% das cidades de países pobres

12 maio 2016

Esta é a situação em países de rendas baixa ou média, de acordo com novo relatório da Organização Mundial da Saúde; dados sobre África são escassos, mas agência confirma que níveis de poluentes estão acima da média.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O nível de poluição do ar está a subir na maioria das cidades mais pobres do mundo, revela um estudo publicado esta quinta-feira pela Organização Mundial da Saúde, OMS.

Mais de 80% dos habitantes de zonas urbanas estão expostos a poluentes num nível acima do limite estipulado pela agência da ONU. Segundo o levantamento, o ar está poluído em 98% das cidades com mais de 100 mil moradores em países de rendas baixa ou média.

África

A OMS destaca que os dados sobre poluição do em África são muito escassos, mas as informações disponíveis revelam que os níveis estão acima da média em cidades como Johannesburgo, na África do Sul, e Dacar, no Senegal.

A Rádio ONU entrevistou o epidemiologista da OMS, Carlos Dora, que está em Genebra e explicou mais sobre o relatório.

Saúde

"Nas cidades dos países em desenvolvimento, a gente vê que tem uma quantidade maior (de cidades poluídas) e a tendência é piorar. Então isso é obviamente preocupante. Uma parte dos dados mostra exatamente essa tendência temporária. A piora no geral é de 8%."

A base de dados da OMS cobre 3 mil cidades em 103 países, a maioria na Europa e Américas. A agência lembra que o declínio da qualidade do ar em zonas urbanas está ligado ao maior risco de derrame, doenças do coração, cancro do pulmão e infeções respiratórias.

Leia e Oiça:

Entrevista Carlos Dora, OMS

Nova guia da ONU sobre pesticidas busca eliminar toxinas perigosas

Unfpa apoia curso que envolve 50 parteiras da Guiné-Bissau

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud