Novo portal fornece dados que reforçam proteção de crianças na internet
BR

10 maio 2016

Plataforma foi lançada esta terça-feira; atualização foi possível através do programa global do Unicef para combater exploração sexual em 17 países em seis regiões do mundo; programa tem o apoio do governo do Reino Unido.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Uma nova versão do Diretório Global de Recursos e Informação, Grid, em tradução livre, foi lançado esta terça-feira e vai fornecer recursos digitais para melhor proteger crianças na internet, incluindo de exploração sexual.

A informação é do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, e do Instituto de Segurança Online, Fosi. Os recursos são voltados para governos, indústria, agentes de segurança, educadores e acadêmicos.

Países

A nova versão do portal contém informações específicas de países. Para o diretor associado para proteção de crianças do Unicef, Cornelius Williams, “enquanto o acesso dos menores à internet se expande rapidamente, proteger os jovens da exploração online deve ser priorizado”.

Williams afirmou que esta nova versão do Grid atualiza informações nacionais sobre legislação, políticas, serviços e pesquisas preparadas por diversos profissionais e que abordam a exploração sexual de crianças.

Segundo ele, este é um recurso “muito necessário” para ajudar a manter as crianças seguras em um mundo “cada vez mais conectado”.

Tecnologia

Tecnologias de informação e comunicação, incluindo a internet e telefones celulares, trouxeram benefícios a milhões de crianças ao revolucionar seu acesso à informação.

Ao mesmo tempo, o Unicef alerta que estas tecnologias podem ser usadas como ferramentas que “perpetuam” crimes contra crianças, expondo meninas e meninos à exploração e abuso sexual online.

Tendências

Além das informações específicas dos países, a plataforma fornece oportunidades para profissionais compartilharem conhecimento sobre novas tendências, legislações, políticas e programas para manter as crianças seguras.

A atualização do Grid foi possível através do programa global do Unicef para combater exploração sexual em 17 países em seis regiões do mundo. O programa tem o apoio do governo do Reino Unido através da iniciativa #WeProtect.

Leia e Ouça:

Muitos países não têm leis para investigar abusos online de crianças

UIT: mais de 95% da população mundial tem cobertura de celular

Unicef destaca proteção de crianças da exploração sexual online 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud