Ocha entregou ajuda humanitária a mais de 780 mil na Síria este ano
BR

9 maio 2016

ONU diz que muito mais ainda precisa ser feito; agência humanitária pediu aos lados em conflito no país livre acesso a 4,6 milhões de pessoas que estão em áreas sitiadas ou de difícil alcance.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha conseguiu entregar ajuda a mais de 780 mil pessoas desde o início do ano, na Síria. São civis em áreas sitiadas, de difícil acesso ou que estão em regiões de combate.

A ONU afirmou que apesar do progresso alcançado, muito ainda precisa ser feito. A agência humanitária pediu aos lados em conflito livre acesso a 4,6 milhões de pessoas que vivem nessas regiões, por todo o país.

Homs e Damasco

Segundo o Ocha, três comboios da agência e parceiros na semana passada levaram ajuda a quase 40 mil pessoas em Homs e na área rural de Damasco, a capital.

Os caminhões transportaram água, alimentos, materiais de higiene e saneamento, como também produtos de saúde e educação.

O conselheiro especial sobre Prevenção de Genocídio, Adama Dieng, afirmou que nas últimas duas semanas ocorreram, pelo menos, seis ataques contra instalações médicas realizados por diferentes partes do conflito na região de Alepo.

Segundo Dieng, “eles representam um contínuo desrespeito às leis internacionais e podem ser considerados crimes de guerra”.

O conselheiro especial da ONU disse que a comunidade internacional não pode permitir que os responsáveis por essas violações das leis humanitária e de direitos humanos fiquem impunes.

Leia Mais:

Unicef pede proteção para crianças desacompanhadas em busca de refúgio

ONU condena ataque contra acampamentos de refugiados na Síria

"Humanidade é a única escolha" da comunidade internacional

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud