ONU cria fundo de resposta para combater zika
BR

6 maio 2016

Secretário-geral afirmou que dinheiro será utilizado para financiar prioridades no combate à epidemia; países, organizações regionais, empresas e sociedade civil podem fazer contribuições para o fundo.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, lançou esta sexta-feira um Fundo de Financiamento Multi-Parceiros de Resposta ao Zika Vírus, Mptf, pela sigla em inglês.

O anúncio foi feito pelo porta-voz de Ban, Stephane Dujarric, em conversa com os jornalistas na sede da ONU.

Combate

Segundo Dujarric, o dinheiro vai ser usado para atender algumas prioridades nas operações de resposta no combate à epidemia. O fundo oferece uma plataforma rápida e flexível no apoio a ações coordenadas realizadas pelo sistema da ONU e seus parceiros.

As Nações Unidas explicam que “fundos urgentes” são necessários para ajudar na implementação dos planos de resposta nacionais e lidar com os amplos desafios econômicos e sociais futuros.

O secretário-geral declarou que o fundo vai dar apoio direto ao Quadro de Resposta Estratégica ao Zika, criado pela Organização Mundial da Saúde, OMS, em consulta com várias agências da ONU, parceiros e especialistas internacionais em doenças epidemiológicas.

A contribuição dos doadores será direcionada por um Comitê Consultivo para as atividades de alta prioridade nos países mais afetados pela epidemia.

Rapidamente

A ONU explica que o zika vírus está se espalhando rapidamente. Desde janeiro de 2015, 61 países e territórios já registraram casos da doença. A recente alta de registros de pacientes, em algumas nações, vem acompanhada de um aumento sem precedentes do número de crianças que nascem com microcefalia.

Vários países registraram também um aumento nos casos da síndrome de Guillain-Barré, que é uma desordem neurológica que pode levar à paralisia e à morte.

Em fevereiro, a OMS anunciou que os casos de microcefalia e da síndrome de Guillain-Barré representam uma emergência de saúde pública de preocupação internacional.

A Estratégia de Resposta ao Zika tem como objetivo investigar e combater os casos de microcefalia e da síndrome ligados ao zika vírus, aumentar medidas preventivas, informação à população sobre os riscos da doença e fornecer cuidados e apoio aos afetados pela epidemia.

Leia Mais:

Surto do vírus zika completa um ano

OMS pede US$ 56 milhões para combater o zika

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud