Dia Mundial do Atum é celebrado na ONU pela primeira vez
BR

2 maio 2016

Dada foi criada pelos países que assinaram o Acordo de Nauru para celebrar pescadores e pessoas envolvidas na conservação do peixe; dados da FAO indicam menor pesca e aumento dos preços em 2015.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Dois de maio é o Dia Mundial do Atum, dada criada pelos países que assinaram o Acordo de Nauru, que são os que controlam a maior pesca sustentável da espécie no mundo.

Kiribati, Micronésia, Ilhas Marshall, Nauru, Palau, Ilhas Salomão e Papua Nova Guiné estão entre as nações que fazem parte do acordo.

Pesca Sustentável

Apesar da data ter sido criada em 2011, pela primeira vez, o Dia Mundial do Atum será celebrado na sede da ONU, em Nova York. O evento promovido pelas ilhas do Pacífico tem como foco a conexão entre o desenvolvimento sustentável, a conservação da espécie e o uso sustentável do atum no mundo.

Segundo a agência da ONU para Agricultura e Alimentação, FAO, a pesca do atum foi mais fraca no ano passado em todo o mundo, o que levou ao aumento do preço global, apesar da demanda moderada.

Estados Unidos

No terceiro trimestre de 2015, o preço do atum de barriga listrada congelado subiu quase 50%. Em setembro, o valor da tonelada chegou a custar quase US$ 1,5 mil na Tailândia.

No primeiro semestre, o mercado do atum para sashimi no Japão foi fraco. E a FAO destaca ainda que “pela primeira vez na história, a importação americana de atum fresco foi maior que a do Japão”, totalizando 11,3 mil toneladas, enquanto o Japão importou 8,4 mil toneladas no mesmo período.

Nos supermercados dos Estados Unidos, o preço do filé de atum originário do Pacífico variou entre US$ 10 e US$ 16 a libra (cerca de meio kg).

No caso do atum em lata, os ganhos com a exportação não foram tão bons para Ásia e para a América Latina de janeiro a junho de 2015. Os principais mercados que importam atum em lata são Estados Unidos, Espanha, Itália, França, Reino Unido e Egito.

Leia e Ouça:

Marrocos recebe encontro da FAO sobre pesca sustentável

Conferência da FAO discute fim da fome na América Latina e Caribe

Pnuma pede medidas urgentes para salvar tubarões da extinção 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud