Produção de alimentos na Coreia do Norte tem primeira queda em cinco anos
BR

27 abril 2016

Agência da ONU prevê piora na segurança alimentar, sendo que muitas famílias têm pouco para comer; principal grão do país, a produção do arroz em casca caiu 26% devido a fracas chuvas e falta de água para irrigação.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A agência especializada da ONU para Agricultura e Alimentação, FAO, divulgou esta quarta-feira números sobre a produção alimentar na Coreia do Norte, sendo que houve a primeira queda em cinco anos.

Foram analisadas as produções de cereais, soja e batata no ano passado, totalizando 5,4 milhões de toneladas. Isso representa uma queda de 9%, na comparação com 5,9 milhões produzidos em 2014.

Arroz

O principal cereal do país, o arroz em casca, teve uma queda mais acentuada na produção, de 26%, alcançando quase 2 milhões de toneladas.

Pouca chuva e falta de água para irrigação resultaram na produção mais baixa. Redução dos estoques de fertilizantes e de combustíveis também limitaram a produtividade agrícola.

Importações

A falta de chuvas no ano passado impactou também a produção de milho, o segundo cereal mais importante no país. Foram colhidas 2,29 milhões de toneladas, 3% a menos do que em 2014.

A FAO calcula que a Coreia do Norte precisará importar até outubro 694 mil toneladas de cereais. O governo deve importar 300 mil toneladas e o déficit de 394 mil toneladas será o maior desde 2011.

Previsão

A situação de segurança alimentar deve piorar no país este ano, sendo que em 2015, muitas famílias já tinham pouco ou quase nada para comer. Por outro lado, a produção da principal fonte de proteína da Coreia do Norte, a soja, aumentou 37%.

A produção para este ano de batatas, trigo e cevada está prevista para atingir 21% dos níveis registrados em 2015. As estimativas são baseadas em dados oficiais de produção agrícola e análises feitas pela agência da ONU e um centro de pesquisa da Comissão Europeia.

Leia e Ouça:

ONU condena novo lançamento de míssil norte-coreano

Conselho de Segurança condena teste de míssil norte-coreano

Governo totalitário da Coreia do Norte nega os direitos da população 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud