Luxemburgo é o melhor país do mundo para se fazer compras online
BR

22 abril 2016

Pesquisa da ONU foi feita em 137 países que representam 96% da população global e 99% do Produto Interno Bruto mundial, PIB. Brasil é o terceiro melhor mercado da América Latina e no Caribe.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, afirmou que o melhor país do mundo para se fazer compras online é Luxemburgo.

Um relatório preparado pela agência da ONU em 137 países teve o objetivo de avaliar a capacidade de cada um deles para realizar compras pela internet e outros tipos de comércio entre consumidores e empresas.

Luxemburgo

Esse grupo representa 96% da população global e 99% do Produto Interno Bruto mundial, PIB. Nas primeiras posições estão seis europeus, três da Ásia-Pacífico e um da América do Norte.

Segundo a Unctad, Luxemburgo é a melhor nação para se fazer compras online, seguido por Islândia, Noruega, Canadá e Japão. Os Estados Unidos estão na 11ª posição, a Alemanha na 17ª, seguida de perto por França, Israel e Áustria.

Brasil

O Brasil caiu em relação à última pesquisa e agora ocupa o 51º lugar, à frente de Argentina, México e até mesmo da China. O documento mostra que 58% da população brasileira têm acesso à internet e 32% têm cartão de crédito.

Separando por regiões, o Brasil está em terceiro lugar na área da América Latina e do Caribe, perdendo apenas para Uruguai e Chile.

A Unctad informou que um número cada vez maior de países está criando políticas nacionais e estratégias para aproveitar todo o potencial do comércio eletrônico para o desenvolvimento econômico.

Leia Mais:

60% da população do planeta ainda está offline, segundo Banco Mundial

UPU destaca oportunidades para aliar comércio eletrónico à rede postal

Unctad: Brasil ocupa a 47ª posição em novo índice sobre comércio online

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud