Entrevista: Acordo de Paris é "compromisso aceitável" para Guiné-Bissau

22 abril 2016

O secretário de Estado para o Ambiente da Guiné-Bissau disse que o acordo climático assinado esta sexta-feira nas Nações Unidas é um tratado que satisfaz "de certa maneira" ao país.

Seco Cassamá aponta desafios em volta do entendimento que revela ter sido "difícil de conseguir". Em termos de compromissos previstos no acordo destaca que "o que é bom para África é bom para a Guiné-Bissau".

Falando à Rádio ONU, o responsável mencionou os desafios, o potencial e as experiências que o país precisa para avançar.

Acompanhe a conversa com Eleutério Guevane.

Duração: 2'17".

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud