Contribuições para o Equador são necessárias com urgência
BR

21 abril 2016

Fundo da ONU para resposta de emergência aloca US$ 7 milhões para fornecimento de abrigo, água, saneamento e cuidados de saúde; subsecretário-geral encerra visita a áreas afetadas; Pnud lança plataforma de doação online.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Fundo Central da ONU para Resposta de Emergência está disponibilizando US$ 7 milhões para o Equador. A verba será utilizada para fornecer abrigo, água, serviços de saneamento e de saúde para a população afetada pelo terremoto.

O subsecretário-geral da ONU para Assistência Humanitária encerrou esta quinta-feira uma visita de dois dias ao país. Stephen O’Brien ficou impressionado com o “espírito de resiliência” dos equatorianos, após conversar com pessoas que perderam entes queridos ou suas casas.

Destruição

Mais de 500 pessoas morreram e milhares ficaram feridas. O representante da ONU visitou as cidades de Manta, Canoa, Jama e Pedernales, na região costeira de Portoviejo, onde pessoas perderam tudo o que tinham devido ao terremoto.

O subsecretário-geral explica que a população precisa urgente de comida, água e de cuidados médicos. O’Brien faz um apelo para que o país receba mais contribuições, já que 720 mil pessoas foram afetadas pelos tremores.

Doação Online

Para facilitar as doações financeiras de qualquer parte do mundo, o Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud, acaba de lançar uma plataforma online. Acessando o site, é possível enviar dinheiro para as operações no Equador utilizando o cartão de crédito.

O representante da agência no Equador, Nuno Queiros, falou com a Rádio ONU de Quito e garantiu que qualquer quantia  é bem vinda.

“A ideia é que os recursos mobilizados através desta plataforma possam complementar outros esforços da estratégia de recuperação, de ajuda humanitária e de reconstrução do país. A situação é realmente bastante dramática. Qualquer ajuda serve.”

Nuno Queiros explica que equipes do Pnud já estão nas áreas mais afetadas pelo terremoto preparando a remoção dos escombros. Na sexta-feira, as Nações Unidas devem lançar um apelo financeiro para ajuda imediata a 350 mil afetados.

Leia e Ouça:

ONU: construções devem usar padrões de segurança em áreas de terremoto

Unicef em "corrida contra o tempo" para proteger crianças do Equador

Terremotos no Equador e no Japão matam mais de 280 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud