Entrevista: “Política de Portugal para drogas é questão de saúde”

21 abril 2016

O secretário de Estado adjunto e de Saúde de Portugal, Fernando Araújo, afirmou que a política de seu país para combater as drogas é considerada um modelo das melhores práticas.

Araújo disse que Portugal reconhece o uso das drogas como uma questão de saúde e a dependência como uma doença crônica que precisa de tratamento e não punição.

Ele declarou que é um programa que tem várias características que funcionam em conjunto, uma delas é a questão da dissuasão, outra da prevenção, do tratamento e a reintegração social.

Fernando Araújo explicou como esse processo ajudou a polícia, que deixou os consumidores de drogas e passou a focalizar os indivíduos que comercializam e que transportam a droga.

Ao falar sobre os resultados obtidos pelo governo, Araújo afirmou que houve uma queda no número de usuários de drogas injetáveis e também uma redução drástica nos novos casos de HIV/Aids entre esse grupo.

Os casos de overdose fatal registraram uma queda de 10% a 20% em relação aos dados de 15 anos atrás.

Acompanhe a entrevista com Edgard Júnior.

Duração: 07'05"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud