Unicef condena sequestro de crianças na Etiópia

20 abril 2016

Cerca de 100 crianças no oeste da Etiópia foram levadas durante um “brutal ataque” em sua comunidade por agressores armados, supostamente ladrões de gado do Sudão do Sul.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, condenou de forma veemente o sequestro de cerca de 100 crianças no oeste da Etiópia na sexta-feira durante um “ataque brutal” em sua comunidade por agressores armados.

Segundo a agência, os atacantes são supostamente ladrões de gado do Sudão do Sul.

Mortos

Relatos ainda não verificados indicam que crianças também estão entre os mortos e feridos.

Em nota, o Unicef afirmou que a sua equipa está a avaliar a situação das crianças afetadas por este “horrível ato de violência desenfreada” e que está pronto para apoiar a comunidade.

Libertação

A agência da ONU alertou que ataques a crianças, qualquer que seja a razão e em qualquer contexto, é uma violação de direitos humanos e um ataque à humanidade comum.

Enquanto o governo etíope trabalha para a libertação das crianças, o Unicef disse associar-se ao pedido pelo seu rápido e incondicional retorno a suas famílias.

Leia e Oiça:

"Devolvam as nossas meninas, as nossas crianças"

Nigéria: até 7 mil mulheres sequestradas ou vítimas de escravidão sexual  

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud