Incidentes na fronteira Síria-Turquia preocupam ONU
BR

15 abril 2016

Agência de refugiados das Nações Unidas disse que não tem como confirmar ou negar ataques contra refugiados e migrantes que tentam cruzar a região.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, afirmou que a situação na fronteira entre a Síria e a Turquia é muito preocupante.

Relatos da região dizem que os refugiados sírios que tentam cruzar os 900 Km de fronteira com a Turquia estão sendo alvejados.

Detalhes

A agência da ONU já pediu às autoridades turcas que deem mais detalhes sobre as alegações de que estão sendo disparados tiros contra os refugiados que atravessam a área.

O porta-voz da agência da ONU, Willian Spindler, afirmou esta sexta-feira em Genebra, que o Acnur “não está em posição de confirmar ou negar” os relatos.

Spindler explicou que a Turquia recebeu mais refugiados do que qualquer outro país. Ao mesmo tempo, ele se mostrou preocupado com o acordo entre a União Europeia e a Turquia e a falta de salvaguardas.

Alimentos

Em relação ao uso do aeroporto militar de Deir ez-Zour, para a entrega de comida para os civis sírios, a porta-voz do Programa Mundial de Alimentos, PMA afirmou que a área está sob o controle do Isil.

Bettina Luescher disse que para que os aviões possam circular com segurança e evitar ataques, a operação só pode ser executada em alta altitude.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud