Canadá contribui com a erradicação da pólio no Paquistão
BR

13 abril 2016

País é um dos únicos onde a doença ainda é endêmica, ao lado do Afeganistão; governo canadense vai doar $ 40 milhões de dólares canadenses para projetos liderados pelo Unicef e OMS; imunizar crianças é uma das prioridades.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Canadá anunciou uma contribuição de $ 40 milhões de dólares canadenses, equivalentes a R$ 110 milhões, em apoio à erradicação da pólio no Paquistão. O país é um dos únicos onde a doença continua endêmica, ao lado do Afeganistão.

A ajuda financeira vai para vários projetos implementados pelo Fundo da ONU para a Infância, Unicef, e pela Organização Mundial da Saúde, OMS. Campanhas de vacinação e monitoramento do vírus estão entre as prioridades das agências.

Redução

Uma cerimônia para marcar o apoio financeiro ocorreu na sede do Ministério da Saúde do Paquistão. Em Islamabad, a ministra Saira Tarar afirmou que o país nunca esteve tão perto de erradicar a pólio e agradeceu o governo canadense pelo apoio.

Segundo a OMS, no ano passado o Paquistão conseguiu uma redução de 82% do número de crianças afetadas pela pólio. Foram registrados 54 casos em 2015, contra 306 em 2014.

2018

O Unicef informa que o número de profissionais capacitados para aplicar a vacina aumentou e as crianças com maior risco são prioridade. O investimento do Canadá servirá para garantir que as futuras gerações paquistanesas não sejam mais ameaçadas pelo poliovírus.

O Canadá é um dos países que apoia a Iniciativa Global de Erradicação da Pólio, que tem a meta de acabar com novos casos da doença até 2018.

Leia e Ouça:

Uma entre cinco crianças africanas não recebe as vacinas necessárias

Ban divulga prioridades para 2016

OMS: Sudeste Asiático está livre da pólio há cinco anos

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud