Coordenadora da ONU apura resposta à exploração e abuso sexual em África

11 abril 2016

Jane Holl Lute seguiu esta segunda-feira para a República Democrática do Congo após uma série de contactos na República Centro-Africana; equipa da ONU analisa resultados de avaliação na cidade centro-africana de Kemo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A coordenadora especial do secretário-geral sobre o Melhoramento da Resposta da ONU à Exploração e Abuso Sexual deixou a capital centro-africana, Bangui, esta segunda-feira com destino à República Democrática do Congo.

Antes da sua partida, Jane Holl Lute disse que a deslocação foi uma oportunidade para "transmitir em termos claros" as expectativas do secretário-geral e dos países sobre um trabalho feito com excelência, integridade e compromisso com o povo.

Proteção

Em Bangui, a representante encontrou-se com líderes da Missão da ONU na República Centro-Africana, Minusca, e de outras agências. As reuniões com foco na proteção foram também realizadas com diplomatas acreditados no país.

No sábado, Jane Holl Lute esteve na cidade de Bambari com tropas da Mauritânia e do Gabão, além do grupo de trabalho que lida localmente com a questão e com o presidente do município.

Avaliação

Na cidade de Kemo, um grupo enviado pela Missão da ONU e pela equipa nacional da ONU concluiu uma avaliação preliminar sobre as alegações de exploração e abuso sexual de tropas internacionais, que incluem forças de paz das Nações Unidas.

Neste momento, o Escritório dos Serviços de Supervisão Interna analisa os resultados da avaliação e os arranjos logísticos para o envio de uma equipa de investigação reforçada com 10 pessoas para a área.

A Minusca trabalha em colaboração com as agências da ONU para fornecer apoio adequado às vítimas.

Movimento Limitado

A operação de paz disse que apesar de não ter recebido denúncias de exploração e abuso sexual envolvendo o contingente que atualmente está na área, o movimento das suas tropas está limitado à base quando estas não executam operações normais.

Um contingente da Polícia Militar do Nepal foi enviado para garantir proteção adicional na área.

Leia e Oiça:

Anunciado resultado provisório das eleições legislativas centro-africanas

ONU está levando extremamente a sério novas alegações de abusos sexuais

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud