Programa de merenda escolar beneficia crianças sírias no Líbano
BR

5 abril 2016

Agência da ONU implementa projeto em escolas públicas do país que abriga mais de 1 milhão de refigiados; refeições estão sendo servidas diariamente a 10 mil crianças sírias e libanesas de escolas primárias.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, lançou um plano de merenda escolar para beneficiar crianças libanesas e sírias que frequentam escolas públicas no Líbano.

O diretor do PMA no país, Dominik Heinrich, explicou que fornecer diariamente refeições nutritivas ajuda a saúde das crianças e também serve de estímulo para que os pais enviem os menores para a aula regularmente.

Leite e Fruta

O programa é financiado pela Cooperação de Desenvolvimento Italiana e permite ao PMA entregar diariamente refeições para 10 mil crianças libanesas e sírias refugiadas. Participam 13 escolas primárias, selecionadas por estarem localizadas nas áreas mais vulneráveis do país.

Os alunos recebem leite ou suco, uma fruta e lanchinhos produzidos localmente. Os alimentos fornecem a energia necessária para os estudantes se concentrarem durante as aulas.

Beneficiados

Nos últimos cinco anos, mais de 1 milhão de sírios buscaram refúgio no Líbano, o que teve enorme impacto nos serviços públicos do país, inclusive no setor de educação. Mais de 250 escolas públicas libanesas funcionam em jornada dupla, para que mais estudantes pudessem ser admitidos.

Por mês, o PMA ajuda mais de 600 mil refugiados sírios que estão no Líbano, por meio da entrega de cupons eletrônicos, para que os civis possam comprar comida nos mercados locais. Desde 2013, o programa já injetou quase US$ 600 milhões na economia libanesa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud