OMM confirma previsões otimistas de chuvas para a África Austral

4 abril 2016

Angola e Moçambique podem ter chuvas acima do normal; El Niño afetou padrões do clima na época chuvosa; efeitos da seca são considerados os mais graves em mais de 70 anos na região.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A Organização Meteorológica Mundial, OMM, confirmou a previsão de chuvas normais ou pouco abaixo do nível na maior parte dos Estados da Comunidade de Desenvolvimento dos Países da África Austral, Sadc, entre abril e junho.

Na análise divulgada esta segunda-feira, a agência da ONU teve como base uma atualização regional que levou em conta a influência do fenómeno climático El Niño.

Preocupação

A região teve uma alteração dos padrões climáticos na temporada de chuvas, que está a terminar.

Em Angola e Moçambique devem cair chuvas regulares ou registar-se uma precipitação pouco acima desse nível. O mesmo deve ocorrer em áreas da Tanzânia, da Zâmbia, do Malawi, da República Democrática do Congo e da costa leste africana.

Preços dos alimentos

No segundo semestre de 2015, o Escritório da ONU de Assuntos Humanitários Ocha, manifestou preocupação com a África Austral pelo efeito das chuvas fracas que aumentaram os preços dos alimentos e dos meios de subsistência.

De acordo com a OMM,  o impacto da que é considerada a época mais seca na região foi o mais grave em mais de 70 anos. A insegurança alimentar afeta a mais de 28 milhões de pessoas em toda a sub-região.

*Apresentação: Denise Costa.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud