Secretário-geral participa da conferência sobre segurança nuclear
BR

1 abril 2016

Em Washington, D.C., Ban Ki-moon destaca papel crucial da Agência Internacional de Energia Atômica; chefe da ONU lembra da obrigação dos países em prevenir a proliferação de armas de destruição em massa.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Durante a Conferência sobre Segurança Nuclear, na capital dos EUA, Washington, o secretário-geral da ONU deve destacar o papel crucial da Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea.

Muitos países não têm capacidade suficiente de agir em casos de ameaças à segurança nuclear. Nessas situações, o papel da Aiea é indispensável para fornecer conhecimentos, aconselhamento e assistência técnica, segundo o porta-voz de Ban Ki-moon.

África

Na conferência, Ban deverá ressaltar a importância da resolução 1540 do Conselho de Segurança. Pelo documento, os países têm a obrigação de prevenir a proliferação de armas de destruição em massa.

Na capital americana, o secretário-geral encontrou-se com o presidente da França. Ban e François Hollande discutiram a situação no Saara Ocidental. O chefe da ONU agradeceu o líder francês por contribuir para a implementação do acordo de paz no Mali e por tratar de questões ligadas à insegurança no país.

Ucrânia

Ban Ki-moon também reconheceu o apoio de Hollande ao governo eleito da República Centro-Africana. Sobre as alegações de abusos cometidos por soldados de paz no país africano, os dois concordaram que investigações são essenciais.

O secretário-geral também encontrou-se com o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko e ressaltou a urgência do acordo de Minsk ser implementado em prol da segurança no país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud