ONU anuncia nova rodada de negociações de paz sobre Iêmen
BR

2 abril 2016

Conversas devem começar em 18 de abril no Kuwait, mediadas pelas Nações Unidas; objetivo é chegar a um acordo abrangente, que acabe com a guerra e permita a retomada de um diálogo político inclusivo, em conformidade com resoluções do Conselho de Segurança.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.* 

O Escritório do enviado especial do secretário-geral para o Iêmen informou que está sendo preparada a nova rodada de negociações de paz sobre o país.

As conversas serão realizadas sob os auspícios da ONU e devem começar em 18 de abril, no Kuwait.

Acordo Abrangente

O objetivo das conversações é chegar a um acordo abrangente, que acabe com a guerra e permita a retomada de um diálogo político inclusivo, em conformidade com resoluções do Conselho de Segurança.

O enviado especial, Ismail Ould Cheikh Ahmed, afirmou que especialistas da ONU foram enviados a Sanaa e Riad para trabalhar com as delegações se preparando para a retormada das conversas. Outra equipe está a caminho do Kuwait para finalizar as preparações com o Ministério das Relações Exteriores.

Ahmed encorajou as partes em conflito que se envolvam de forma construtiva nas negociações.

Confiança

O enviado especial também saudou medidas recentes tomadas entre a Arábia Saudita e o grupo Ansarallah, citando libertação de prisioneiros e relativa calma nas fronteiras.

Para Ismail Cheikh Ahmed, essas iniciativas podem fornecer “motor importante” para o processo político, lembrando recomendações feitas em rodadas anteriores de conversas sobre medidas que construam confiança.

Cessar-Fogo

As partes em conflito concordaram com um cessar-fogo nacional começando à meia-noite de 10 de abril.

O enviado especial da ONU defendeu que com “vontade política, boa-fé e equilíbrio, os envolvidos podem usar esta oportunidade para acabar com o conflito e construir o caminho na direção de um fim permanente para a guerra”.

Mais de 6,2 mil pessoas morreram e 30 mil ficaram feridas desde o início dos combates no Iêmen, em março de 2015.

*Apresentação: Michelle Alves de Lima.

Leia Mais:

Relatório do Unicef mostra peso da violência do Iêmen na vida das crianças

Acnur consegue levar ajuda humanitária para Taiz, no Iêmen

Acnur alerta que situação humanitária é catastrófica em partes do Iêmen

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud