Banco Mundial: programa de US$ 1,5 bilhão para saneamento na Índia
BR

31 março 2016

Objetivo da iniciativa é mudança de comportamento e a eliminação da prática de defecação a céu aberto até 2019; segundo o órgão, melhorar o saneamento em aldeias tem se provado um grande desafio de desenvolvimento no país.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O Banco Mundial e o governo da Índia assinaram na quarta-feira um acordo de empréstimo de US$ 1,5 bilhão para um projeto de apoio ao governo do país em suas ações para garantir que todos os cidadãos de áreas rurais tenham acesso a melhor saneamento.

O valor é o equivalente a cerca de R$ 5,4 bilhões. O objetivo da iniciativa é mudança de comportamento e a eliminação da prática de defecação a céu aberto até 2019.

Desafios de Desenvolvimento

O apoio do Banco Mundial vai ajudar a acelerar os resultados dando incentivos a estados indianos com base em performance.

Segundo o órgão, melhorar o saneamento em aldeias tem se provado um dos maiores desafios de desenvolvimento da Índia.

Três em cada cinco pessoas nas áreas rurais do país “sofrem da indignidade” da prática e o órgão cita ainda o risco de assédio para mulheres e meninas.

Mortes

Uma em cada 10 mortes na Índia está ligada a problemas de saneamento e, segundo o Banco Mundial, ao todo, o país perde o equivalente a 6% de seu Produto Interno Bruto, PIB, devido ao saneamento inadequado.

Ações para abordar este problema têm tido pouco sucesso. Com base em lições aprendidas de experiências passadas, a nova missão vai usar equipes treinadas para motivar as pessoas a userem os banheiros, abordardo padrões culturais e de comportamento antigos.

Os moradores também serão responsáveis por desenhar seus próprios planos para acabar com a prática e serão treinados para construir o tipo de banheiro mais adequado para o local.

Ainda segundo o Banco Mundial, apesar dos recursos e assistência técnica estarem sendo disponibilizados pelo governo central, os estados têm a flexibilidade de adotar mensagens e métodos que considerem mais adequados às sensibilidades sociais e culturais de suas populações.

Leia Mais:

"Combate ao zika necessita de melhores serviços de água e saneamento" | Rádio das Nações Unidas

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud