OIM: chegadas no Mediterrâneo este ano passam de 164 mil
BR

29 março 2016

Número representa uma média diária de cerca de 1.885 homens, mulheres e crianças; segundo agência parceira da ONU, 531 pessoas morreram, um aumento de 9% em relação ao mesmo período do ano passado.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Internacional para Migrações, OIM, relatou nesta terça-feira que 164.041 migrantes e refugiados chegaram à Europa pelo mar em 2016, até o dia 27 de março.

Deste total, cerca de 15,2 mil chegaram à Itália e 149,5 mil à Grécia. O número corresponde a uma média diária de cerca de 1.885 homens, mulheres e crianças.

Páscoa

A agência parceira da ONU mencionou, no entanto, que a média diária caiu durante o fim de semana de Páscoa, quando menos de 500 migrantes ou refugiados teriam chegado à Grécia durante os três dias. Não há relatos de novas chegadas na Itália ou na Espanha.

De acordo com dados da guarda costeira grega, cerca de 77,3 mil dos recém-chegados no país vieram da Síria, 38,1 mil do Afeganistão, 23 mil do Iraque, 5 mil do Paquistão e 4,3 mil do Irã.

Mortes

No período entre 1º de janeiro de 2015 e 27 de março de 2016, a agência calcula que mais de 1 milhão de pessoas tenham chegado à Grécia pelo mar.

A três dias do fim do mês de março, a OIM relatou que 531 migrantes ou refugiados morreram a caminho da Europa em 2016, o que representa um aumento de 9% em relação às 489 mortes relatadas nos primeiros três meses de 2015.

Leia Mais:

Situação dos refugiados na fronteira da Grécia continua tensa

Mais de 110 mil migrantes e refugiados chegaram à Grécia e à Itália este ano

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud