Entrevista: o que aconteceu com a Raquelina Langa?

27 março 2016

O funeral da moçambicana Raquelina Langa, a primeira menina a ser convidada especial de um secretário-geral da ONU para a organização, realiza-se na tarde de segunda-feira em Zimpeto, na capital moçambicana Maputo.

Ela chamou a atenção de Ban Ki-Moon ao perguntar o que fazer para liderar a organização, na visita do representante a Moçambique em 2013.

O professor de Raquelina afirmou que a "melhor forma de chorar uma lutadora fazer o que ela fez". Ernesto Ngomane, que acompanhou a jovem na visita a Nova Iorque, disse aos jovens que nunca devem devem desistir deste sonho.

Na conversa com a Rádio ONU, o docente classificou a ativista como pessoa "muito lutadora e alguém que se destacou para compreender a ONU".

Depois da visita à sede das Nações Unidas "ela deixou de ser uma menina qualquer" ao encarar de forma diferente a luta contra a violência.

Acompanhe a conversa com Eleutério Guevane.

Duração: 5'00".

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud