Vila Sésamo e Opas ensinam crianças a combater o mosquito da zika
BR

28 março 2016

Em vídeo, personagens Elmo e Raya dão dicas para evitar a picada do Aedes, que transmite o vírus; campanha da Organização Pan-Americana da Saúde foca nos países latinos atingidos pela epidemia, com mensagens em português e espanhol.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, está contando com a ajuda dos personagens da Vila Sésamo para ensinar às crianças sobre a prevenção ao zika vírus.

A Opas é o escritório regional nas Américas da Organização Mundial da Saúde, OMS. A campanha com a Vila Sésamo é formada por vídeos com mensagens em inglês, espanhol e português.

Água Parada e Repelente

Os bonecos Elmo e Raya chamam a atenção para as formas de se reduzir a propagação do mosquito Aedes aegypti, que transmite zika e dengue:

“Use repelente, calça e blusa de mangas compridas, claras e leves. Precisamos instalar telas nas janelas e portas para os mosquitos não entrarem. Lembre-se: se o mosquito não pica, tchau zika!”

Em um outro vídeo, Elmo e Raya ensinam às crianças a não permitir o acúmulo de água parada, a esvaziar e cobrir recipientes de água e a fechar as lixeiras.

Transmissão Sexual

O diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis da Opas/OMS, Marcos Espinal, declarou que a campanha com a Vila Sésamo busca educar as famílias da América Latina e do Caribe sobre a importância da prevenir o zika.

Controlar o mosquito Aedes aegypti é a ferramenta mais importante. Segundo a OMS, o zika foi confirmado em 61 países e territórios. Argentina e Nova Zelândia foram os últimos a relatar a transmissão do vírus por via sexual. Em meio ao surto, Brasil e Polinésia Francesa são as nações que reportaram um grande aumento no número de bebês nascidos com microcefalia.

Leia Mais:

"Quanto mais sabemos sobre o zika, mais as coisas parecem piores"

OMS apoia Cabo Verde na resposta ao zika vírus

Exército brasileiro "totalmente empenhado" no combate ao zika vírus

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud