Ban chega ao Líbano e destaca período de calma no sul do país
BR

24 março 2016

Secretário-geral da ONU visitou a sede da missão da ONU, Unifil; na visita de dois dias, ele também terá encontro com comunidades libanesas que estão hospedando refugiados sírios e palestinos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral está no Líbano e visitou esta quinta-feira a sede da Força Interina das Nações Unidas no país, Unifil, na cidade de Naqoura. Ban Ki-moon foi recebido pelo major-general Luciano Portolano, chefe da missão.

Ban afirmou que o sul do Líbano tem visto um dos períodos mais calmos em quase quatro décadas, graças a uma resolução do Conselho de Segurança de 2006, que focava na resolução do conflito líbano-israelense.

Segurança

O chefe da ONU mencionou vários elementos que garantem o sucesso do mandato da Unifil, como a prevalência de um ambiente de segurança estável no sul do país e o compromisso com o fim das hostilidades.

As Forças Armadas Libanesas também tem tido maior habilidade em garantir a segurança do país. O secretário-geral pediu que a missão de paz da ONU seja utilizada de forma eficaz, já que a Unifil tem o potencial de evitar hostilidades e diminuir tensões na região sul do Líbano.

Estratégia

Ban Ki-moon ressaltou ser necessário também fazer uso do “fórum tripartido”, formado por Líbano, Israel e Unifil, para resolver qualquer diferença entre as partes e garantir a completa implementação da resolução do Conselho de Segurança.

O secretário-geral da ONU ressaltou a necessidade de uma forte cooperação e diálogo entre as Forças Armadas Libanesas e a Unifil. Segund Ban, a estratégia é crucial para que o exército tome algumas das responsabilidades operacionais da missão da ONU.

Para isso, maior assistência internacional é necessária, como foi ressaltado recentemente pelo Conselho de Segurança. O chefe da missão, Luciano Portolano, garantiu que “em meio a vários desafios no sul do Líbano, a Unifil tem impedido o retorno das hostilidades.

Após visitar a sede da missão, Ban retornou à capital Beirute. A visita ao Líbano termina na sexta-feira e o secretário-geral deverá encontrar-se com comunidades que hospedam refugiados palestinos e sírios.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud