Acnur consegue levar ajuda humanitária para Taiz, no Iêmen
BR

23 março 2016

Agência da ONU informou que 13 caminhões levaram cobertores, colchões e outros suprimentos de emergência; região abriga mais de 555 mil deslocados internos.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, anunciou que conseguiu levar ajuda humanitária para a cidade de Taiz, uma das mais atingidas pelo conflito no Iêmen.

Segundo o Acnur, 13 caminhões da agência levaram cobertores, colchões e outros suprimentos de emergência. Essa foi a primeira vez em que um comboio do Alto Comissariado conseguiu sair de Áden e chegar em Taiz.

555 Mil Deslocados

Ao mesmo tempo, um outro carregamento seguiu para o distrito de Sabir Al Mawadim com ajuda para aproximadamente 500 famílias. A agência da ONU informou que Taiz abriga mais de 555 mil deslocados internos.

Há nove meses o Acnur vem pedindo acesso regular e contínuo à região, agora com a reabertura das estradas, ocorrida em 11 de março, a agência está aproveitando esta oportunidade para levar assistência aos mais necessitados.

Calma

Apesar de conflitos intensos continuarem em certas partes do Iêmen, a calma em algumas regiões abriu espaço para o Acnur e outras agências humanitárias alcançarem mais pessoas.

Na área de fronteira entre o Iêmen e a Arábia Saudita, a redução da violência nas últimas duas semanas possibilitou a distribuição de ajuda.

Até o final desta semana, um novo comboio do Acnur levará assistência a quase 160 mil deslocado em um dos distritos de Taiz.

O representante da agência no Iêmen, Johannes van der Klaauw, afirmou que a suspensão das hostilidades é a única forma de se acabar com o sofrimento e assegurar o acesso humanitário por todo o país.

Leia Mais:

Acnur alerta que situação humanitária é catastrófica em partes do Iêmen

ONU condena assassinatos de civis em bombardeios no Iêmen

Agências alertam que “situação deve piorar” devido ao conflito no Iémen

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud