Passa de 1 milhão o número de refugiados que chegaram à Grécia
BR

17 março 2016

Acnur afirmou que total corresponde a pessoas que entraram no país pelo mar ou por terra desde janeiro de 2015 até agora: maioria dos refugiados e migrantes está fugindo de conflitos na Síria, Iraque e Afeganistão.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, afirmou que 1.000.357 pessoas chegaram à Grécia, pelo mar ou por terra, entre janeiro de 2015 e março deste ano.

Segundo a agência da ONU, a maioria desses refugiados e migrantes está fugindo de conflitos na Síria, Iraque e Afeganistão.

Urgente

O Acnur disse que esse marco “representa uma lembrança urgente da necessidade de uma ação coordenada para controlar o movimento e proteger as pessoas que fogem de guerras e perseguições”.

O Alto Comissariado da ONU tem feito apelos repetidos aos governos europeus e à União Europeia para que demonstrem uma forte liderança e visão para lidar com a crise de refugiados.

O chefe do Acnur, Filippo Grandi, já tinha dito anteriormente que “a crise de refugiados é tanto quanto uma crise de solidariedade europeia”.

Últimos Dados

Os últimos dados da agência mostram que até 14 de março, mais de 143 mil pessoas viajaram para a Grécia vindas da Turquia, este ano. Durante o mesmo período, 448 pessoas morreram afogadas ou estão desaparecidas.

Em 2015, o total de refugiados e migrantes afogados ou desaparecidos na travessia pelo Mar Mediterrâneo chegou a 3,7 mil.

O Acnur disse ainda que as novas informações mostram que as mulheres e crianças representam quase 60% das pessoas que estão chegando à Europa pelo mar, ao contrário de apenas 30% registrados em julho do ano passado.

*Apresentação: Laura Gelbert.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud