Representantes da ONU condenam ataques terroristas na Côte d'Ivoire

14 março 2016

Atentados aconteceram no domingo em três hotéis na cidade de Grand Bassam; país também conhecido como Costa do Marfim.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou os ataques terroristas que, segundo relatos, mataram pelo menos 14 civis e deixaram diversos feridos na Côte d'Ivoire.

Os atentados ocorreram no domingo em três hotéis na cidade de Grand Bassam, litoral do país também é conhecido como Costa do Marfim.

Compromisso

Em nota emitida por seu porta-voz, o chefe da ONU expressou suas condolências às famílias das vítimas assim como à populução e ao governo do país. Ban também desejou pronta recuperação aos feridos.

O secretário-geral reiterou o compromisso da ONU de estar ao lado do povo da Costa do Marfim neste momento difícil e enviou seu pleno apoio ao governo em suas ações para levar os responsáveis à justiça.

Turismo

O Conselho de Segurança também condenou os ataques terroristas cuja responsabilidade foi assumida por um grupo ligado à Al-Qaeda.

Já o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo afirmou estar chocado com o terrível ato de violência. Talef Rifai divulgou uma mensagem em solidariedade aos familiares das vítimas do ataque na Costa do Marfim.

O chefe da agência da ONU destacou total apoio ao turismo da nação africana, segundo ele um setor essencial para o desenvolvimento do país.

Leia Mais:

Conselho de Segurança aprova redução do contingente militar da Onuci | Rádio das Nações Unidas

ONU considera estável situação de segurança na Côte d'Ivoire | Rádio das Nações Unidas

Merenda escolar garantida para 125 mil crianças marfinenses em cinco anos | Rádio das Nações Unidas

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud