“Líderes mundiais precisam agir pela igualdade entre homens e mulheres”
BR

8 março 2016

Apelo é feito pela diretora da ONU Mulheres neste 8 de março; Phumzile Mlambo-Ngcuka explica meta da organização: que todas as mulheres, homens, meninas e meninos tenham os mesmos direitos até 2030.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

“Planeta 50-50 até 2030: Um Passo Decisivo pela Igualdade de Gênero” é o tema do Dia Internacional da Mulher, que está sendo celebrado esta terça-feira, 8 de março.

A meta das Nações Unidas é conseguir que até 2030, todas as mulheres, meninas, homens e meninos tenham direitos iguais. A diretora-executiva da agência da ONU está fazendo um apelo aos líderes mundais.

Ação Conjunta

Em entrevista à Rádio ONU, Phumzile Mlambo-Ngcuka explicou ser necessário definir as estratégias para que a igualdade de gênero seja alcançada.

A chefe da agência da ONU citou como exemplo a importância de se trabalhar pelo fim da exclusão econômica das mulheres. Isso precisa ser feito em conjunto entre governos, setor privado e comunidades.

Phumzile Mlambo-Ngcuka pede solidariedade mundial, num momento em que ocorre deslocamento em massa em muitos países, atos de extrema violência contra mulheres e meninas e grande instabilidade em várias regiões.

Homens

Já o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que continua  chocado quando os direitos das mulheres são negados. Ele listou várias medidas que tomou nos últimos nove anos, desde que assumiu o cargo.

Entre elas, está a criação da campanha ElesporElas, que promove a participação dos homens na luta contra a desigualdade. Mais de 700 mil homens já assinaram o marco online. Ban Ki-moon pede engajamento sólido e corajoso para que a igualdade de gênero exista em todo o mundo.

Brasil

Por sua vez, a atriz e embaixadora da ONU Mulheres Brasil, Camila Pitanga, gravou um vídeo pedindo consciência, igualdade salarial e fim do assédio sexual.

“Você: homem, mulher, sociedade, governo, é capaz de me dar esse presente? Reconhecer verdadeiramente que temos todos e todas os mesmos direito? Que esse dia te estimule a perceber e mudar isso? Se sim, eu agradeço desde já em nome de todas nós.”

Camila Pitanga está sugerindo a todos que utilizem nas redes sociais a hashtag #trocopresenteporigualdade.

Mais de 40 países terão atividades para celebrar o Dia Internacional. Na sede da ONU, em Nova York, ocorrem dois debates esta terça-feira, focados na igualdade de direitos. No Brasil, será realizada uma corrida no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, no dia 20.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud