Banco Mundial realiza leilão de US$ 20 milhões para créditos de carbono

4 março 2016

Evento está marcado para o dia 12 de maio e vai oferecer até 10 vezes o valor de mercado atual; leilão vai cobrir projetos que cortem emissões de gás metano.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Banco Mundial vai realizar um leilão de US$ 20 milhões para créditos de carbono de projetos destinados a reduzir emissões de gases que causam o efeito estufa.

O leilão está marcado para o dia 12 de maio e vai oferecer até 10 vezes o valor de mercado atual.

Investimentos

Segundo o órgão, o investimento em projetos de baixo carbono no âmbito das iniciativas das Nações Unidas tem diminuído, enquanto os países debatem a estrutura do novo acordo climático global que deve entrar em vigor em 2020.

O leilão vai cobrir projetos que cortem emissões de metano. O gás é altamente potente para o aquecimento global, 25 vezes mais que o dióxido de carbono.

A iniciativa vai oferecer garantias de preços negociáveis de US$ 3,5 por tonelada de emissão reduzida de dióxido de carbono, comparado aos preços atuais de cerca de U$ 0,38.

O primeiro leilão do Banco Mundial, realizado em julho do ano passado, teve 12 vencedores.

Leia Mais:

Japão doa US$ 2,5 milhões para produzir energia de baixo carbono em África | Rádio das Nações Unidas

Mais de 500 investidores globais empenhados em fontes de energia limpa | Rádio das Nações Unidas

América Latina e Caribe podem descarbonizar economias | Rádio das Nações Unidas

Ban aplaude “triunfo monumental” com acordo climático | Rádio das Nações Unidas

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud