Na ONU, Gisele Bündchen defende proteção da vida selvagem
BR

3 março 2016

Modelo brasileira é embaixadora da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Ambiente, Pnuma; com exclusividade à Rádio ONU, ela falou sobre alternativas para preservação das espécies; o Dia Mundial da Vida Selvagem é celebrado nesta quinta-feira.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

A modelo e embaixadora da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Ambiente, Pnuma, Gisele Bündchen, participou na tarde desta quinta-feira em um evento na sede da ONU, em Nova York, em celebração ao Dia Mundial da Vida Selvagem.

O encontro debateu crimes internacionais nessa área e foi organizado pela  ONU, a Alemanha, o Gabão e a Tailândia em colaboração com parceiros da sociedade civil.

Educação

Falando em exclusividade à Rádio ONU, Gisele Bündchen destacou a preservação da vida selvagem.

"Achei que é muito importante ter uma conexão, essa parceria entre todas as partes. São muitas partes. Você tem que criar uma forma das comunidades conseguirem se manter financeiramente para não terem que fazer isso acabar com as matanças. Mas para isso é preciso educação também para as pessoas entenderem qual é consequência. As pessoas estão meio desligadas, a pessoa vê produtos numa prateleira de uma loja feito de marfim e ela não entende a consequência que isso tem não só na extinção dos elefantes."

O tema da data este ano é "o futuro da vida selvagem está em nossas mãos". A iniciativa tem uma preocupação especial com animais, por isso o sub-tema é "O futuro dos elefantes está em nossas mãos".

Tráfico Ilícito

Segundo as Nações Unidas, o comércio ilegal de vida selvagem tem um impacto devastador sobre várias espécies consideradas vulneráveis.

Essa atividade está entre os cinco negócios ilegais mais lucrativos do mundo, avaliado em US$ 20 bilhões por ano, o equivalente a R$ 80 bilhões.

Leia Mais:

"O futuro da vida selvagem está em nossas mãos"

Clip: Gisele Bündchen

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud