OMS estima que haja prova da ligação entre zika e microcefalia em até 6 meses

22 fevereiro 2016

Nesta sexta-feira, a OMS, publicou orientações provisórias para autoridades sanitárias nacionais sobre a manutenção de suprimentos seguros e adequados de sangue durante surtos do vírus zika.

Segundo a agência da ONU, as orientações foram desenvolvidas "reconhecendo que a infecção com o zika pode apresentar um risco à segurança do sangue. Além disso, foi considerada também a declaração de que o vírus é uma emergência de saúde pública de preocupação internacional", feita em 1º de fevereiro.

A OMS ressaltou que atualmente há "conhecimento limitado da biologia do vírus zika e falta de evidências definitivas de uma ligação entre a infecção e potenciais complicações.

Confira a reportagem de Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da GloboNews.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud