Enviado da ONU para Líbia destaca formação de governo de unidade
BR

15 fevereiro 2016

Para Martin Kobler, que é representante especial do secretário-geral e chefe da Missão de Apoio das Nações Unidas no país, Unsmil, “esta é uma oportunidade histórica para a paz que não deve ser perdida”.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O enviado especial das Nações Unidas para a Líbia saudou o anúncio feito pelo Conselho Presidencial do país sobre a formação de um governo de acordo nacional.

Martin Kobler, que também é chefe da Missão de Apoio da ONU no país, Unsmil, pediu à Câmara de Representantes que “faça o que é certo para a Líbia e sua população” e endosse a nomeação do governo de unidade.

Oportunidade Histórica

Segundo o representante especial do secretário-geral, é agora responsabilidade dos integrantes da Câmara “salvar seu país de mais conflito e destruíção”.

Kobler declarou ainda que “esta é uma oportunidade histórica para a paz que não deve ser perdida”.

Coração Aberto

O enviado especial pediu à população líbia e todos os atores políticos e de segurança que abracem o novo governo de coração aberto e ofereçam a ele uma chance de governar.

A Unsmil foi criada em 2011 pelo Conselho de Segurança da ONU a pedido das autoridades líbias após seis meses de conflito armado.

Leia Mais:

Representante da ONU deplora rapto de parlamentar na Líbia | Rádio das Nações Unidas

Líbia com um por cento dos fundos para apoiar necessitados | Rádio das Nações Unidas