ONU elogia decisão das Farc de suspender recrutamento de crianças
BR

12 fevereiro 2016

Representante especial do secretário-geral disse que a proteção das crianças continua recebendo a atenção merecida; Leila Zerrougui afirmou que as Nações Unidas estão prontas para apoiar o processo de separação e reintegração dos menores de 18 anos.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU saudou a decisão das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, Farc, de suspender o recrutamento e uso de menores de idade em suas tropas.

A representante especial do secretário-geral para Crianças em Conflitos Armados, Leila Zerrougui, disse que “a proteção das crianças continua recebendo a atenção que merece”.

Negociações de Paz

O anúncio foi feito durante o processo de negociações de paz entre o grupo e o governo colombiano.

Inicialmente, as Farc tinham expressado compromisso em acabar com a prática do recrutamento nas reuniões realizadas com Zerrougui em Cuba, no ano passado.

A representante da ONU esteve duas vezes em Havana, capital cubana, para discutir a proteção das crianças afetadas pelo conflito armado no país.

Reintegração

Ela disse que nos próximos meses, com a perspectiva da implementação dos acordos de paz, será importante assegurar a disponibilidade de serviços adequados para os menores que deixaram as Farc.

Segundo Zerrougui, essas crianças devem ser tratadas como vítimas seguindo os padrões nacionais e internacionais.

Devem ser garantidos programas de reintegração na sociedade e também para atender às necessidades específicas de todos os menores de idade.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud