PMA confirma primeira entrega de comida em seis meses no leste da Líbia

29 janeiro 2016

Agência da ONU pretende levar ajuda suficiente para um mês a cerca de 80 mil deslocados nos arredores de Bengazi, a segunda maior cidade do país; programa pretende alcançar pelo menos 70 mil pessoas por mês na nação norte-africana.   

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Programa Mundial de Alimentação, PMA, anunciou a primeira distribuição da comida no leste da Líbia desde junho do ano passado.

A agência da ONU pretende levar ajuda suficiente para um mês a cerca de 80 mil deslocados que vivem nos arredores da segunda maior cidade do país, Bengazi.

Condições Terríveis

A agência fornece uma ração alimentar por família que inclui massas, cuscuz, arroz e outros alimentos em quantidade suficiente para cinco pessoas por 30 dias.

O diretor do PMA na Líbia, Wagdi Othman, ressaltou a necessidade de  assistência neste inverno às vítimas que vivem em "condições terríveis, sem comida, cuidados médicos ou eletricidade."

Nas últimas duas semanas, a agência despachou alimentos ao longo da fronteira egípcia para um armazém através do LibAid, um parceiro de distribuição.

Capacidade Maior

Em 2016, o PMA pretende alcançar pelo menos 70 mil pessoas por mês na Líbia, incluindo deslocados internos, comunidades anfitriãs, refugiados e solicitantes de asilo.

A agência planeja gradualmente aumentar sua capacidade no país, a medida que recebe mais recursos, a chegar eventualmente a 210 mil pessoas até os últimos 3 meses deste ano.

Contribuição Voluntária

O PMA depende inteiramente de contribuições voluntárias para financiar seus projetos humanitários e de desenvolvimento. Neste ano, a agência precisa de US$ 29 milhões para poder continuar a ajudar os mais vulneráveis no país.

Em 2015, o programa forneceu assistência alimentar a mais de 290 mil pessoas na Líbia, mas precisou suspender as distribuições de setembro a novembro por falta de financiamento.

*Apresentação: Laura Gelbert.

Leia Mais:

Necessidades de saúde na Líbia rondam os US$ 50 milhões, segundo a OMS

Representante da ONU deplora rapto de parlamentar na Líbia

Para Ban, nomeação de governo de unidade líbio marca “passo importante” | Rádio das Nações Unidas

Representante da ONU saúda formação do governo de unidade na Líbia | Rádio das Nações Unidas

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud