Financiamento é crucial para Aiea monitorar acordo nuclear com o Irã
BR

19 janeiro 2016

Diretor da agência afirma que contribuições a longo prazo são necessárias para garantir que país não desenvolva ou adquira armas nucleares; Amano pede apoio dos países-membros da ONU.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O chefe da agência nuclear da ONU afirmou esta terça-feira que financiamento a longo prazo é essencial para monitorar o acordo feito com o Irã e garantir que o país nunca desenvolva ou adquira armas nucleares.

O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, acaba de voltar da capital iraniana, Teerã. Em Viena, na Áustria, Yukiya Amano agradeceu aos países que já fizeram contribuições financeiras ao projeto.

Acordo

Ele disse que conta com o apoio de todos os países-membros da ONU para garantir que o programa de monitoramento seja bem sucedido. Pelo acordo alcançado em julho entre o Irã e um grupo de seis países (Alemanha, China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia), cabe à Aiea verificar e monitorar os compromissos iranianos.

No sábado, Yukiya Amano anunciou que o Irã havia cumprido todos os pré-requisitos para a suspensão das sanções impostas pelo Conselho de Segurança desde a descoberta, em 2003, de que o país tinha realizado atividades nucleares por 18 anos.

Nova Fase

O país violou os compromissos previstos no Tratado de Não-Proliferação Nuclear. Na época, o Irã afirmou que as atividades eram pacíficas e buscavam apenas a produção de energia. Mas vários países suspeitaram que o Irã buscava produzir armas nucleares.

O chefe da Aiea, Yukiya Amano, destaca que agora o caminho está aberto para a agência verificar e monitorar os compromissos do Irã mediante o acordo, conforme o pedido do Conselho de Segurança.

Leia Mais:

No Irã, chefe da Aiea fala do reforço da cooperação entre país e agência

Banco iraniano é removido da lista de sanções do Conselho de Segurança

Ban saúda suspensão das sanções econômicas ao Irã 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud