Malaui conclui revisão pelos pares sobre redução de risco de desastres

7 janeiro 2016

Avaliação abrangeu políticas e ações da área; Gabinete das Nações Unidas para a Redução de Riscos de Desastres e Sadc apoiam processo financiado pela Comissão Europeia.

Ouri Pota, da Rádio ONU em Maputo.* 

O Malaui foi avaliado na área de políticas e ações relacionadas à Redução de Riscos de Desastres num processo apoiado pelo Escritório da ONU sobre o tema com financiamento a Comissão Europeia. A Comunidade de Desenvolvimento dos Países da África Austral, Sadc, esteve envolvida no processo.

Especialistas de Moçambique, da África do Sul e do Zimbabué tomaram parte na análise sobre o Malaui, que será incluída no relatório de revisão de pares sobre a redução do risco de desastres na África Austral.

Desafios

O secretário e comissário para os Assuntos de Gestão de Desastres no Malaui, Bernard Sande, afirmou que apesar de o país possuir uma política sobre a área ainda persistem desafios.

O responsável citou a importância das recomendações geradas a partir do processo de revisão por pares, uma vez que irá prevenir a repetição do impacto das cheias devastadoras como as que assolaram o país em 2015.

Deslocados

No ano passado, as inundações no país provocaram interrupção das vias de acesso para transporte de alimentação, medicamentos, serviços de água potável e saneamento. Cerca de 230 mil pessoas foram deslocadas pelas cheias.

A revisão pelos pares na área de desastres apoia o balanço dos esforços de países para reduzir o risco e a partilha das lições para ajudar a elaborar políticas sobre a gestão do setor.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

Leia Mais:

PMA mobiliza apoios para a pior crise alimentar da década no Malaui

Pnud apoia iniciativa para dar água segura a mais de meio milhão no Malaui

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud