Afeganistão: empoderamento de mulheres é foco de seminário da ONU
BR

29 dezembro 2015

Principais pontos foram  a promoção de uma maior participação na sociedade e soluções práticas para abordar os muitos desafios que elas enfrentam na vida pública; workshop ocorreu na capital do país, Cabul.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

A promoção de uma maior participação das mulheres na sociedade no Afeganistão e soluções práticas para abordar desafios que elas enfrentam na vida pública foram os principais pontos de um workshop da ONU na capital do país, Cabul.

Cerca de 50 pessoas participaram no evento, incluindo representantes do governo da província, da Missão da ONU no país, Unama, e ativistas.

Educação e Saúde

Os participantes discutiram soluções para os problemas enfrentados por mulheres no âmbito dos distritos, como acesso à educação e aos serviços de saúde.

Também foram debatidas formas de aumentar o entendimento das mulheres sobre seu papel na sociedade e como sua participação pode ser ampliada.

Casamento Precoce

A diretora de uma escola secundária para meninas em Shakardara, Masoma Sakhi, afirmou que por conta de restrições tradicionais, como casamento precoce, muitas deixam seus estudos antes de completá-los.

Ela afirmou que é preciso aumentar a conscientização entre as famílias sobre a importância da educação.

O mandato da Unama prevê o apoio à “plena implementação de liberdades fundamentais e disposições de direitos humanos” da Constituição afegã e tratados internacionais dos quais o país é signatário, particularmente aqueles relacionados aos direitos das mulheres.

Leia Mais:

Missão da ONU condena assassinato de sete civis no Afeganistão

Funcionária da ONU é assassinada no Afeganistão

Missão da ONU deplora ataque em jogo de vôlei no Afeganistão