ONU reitera apoio internacional no reinício de negociações sobre o Burundi

28 dezembro 2015

Representante do secretário-geral participou no primeiro encontro entre governo, oposição e sociedade civil em Kampala; processo deve continuar a 6 de janeiro na Tanzânia.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O conselheiro especial do secretário-geral das Nações Unidas sobre o Burundi, Jamal Benomar, reiterou que os burundeses devem encontrar o caminho para a paz com o apoio da comunidade internacional.

O enviado falava esta segunda-feira na capital do Uganda, Kampala, na cerimónia que marcou o reinício das conversações para restaurar a paz no país que é marcado pela violência há nove meses.

Tanzânia

A expectativa é que depois da sessão, os encontros ocorram a partir de 6 de janeiro na Tanzânia.

Jamal Benomar disse que os burundeses são os que vão sofrer as consequências das decisões que tomam sendo, por isso, os principais responsáveis por encontrar um caminho a seguir para o futuro do seu país. Para ele, esse esforço deve ser conduzido e apropriado a nível nacional, num processo em que a comunidade internacional está pronta a apoiar.

As negociações são presididas pelo presidente ugandês, Yoweri Museveni, que assumiu a presidência da Comunidade dos Países da África Oriental.

As Nações Unidas estimam que pelo menos 400 pessoas foram mortas após o anúncio da candidatura do presidente burundês, Pierre Nkurunziza, à corrida presidencial para o terceiro mandato.

Diálogo

A presente ronda negocial envolve representantes do governo, da oposição e da sociedade civil.

Na ocasião, Benomar lembrou que o Burundi passou por "momentos difíceis antes" mas tinha igualmente uma longa história de diálogo.

Aos participantes, o enviado pediu que aprendam com experiências passadas na busca de consensos. Ele disse esperar que o evento marque um início do rumo em direção a um Burundi pacífico, estável e próspero.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud