Ban espera que sejam encontradas mais vítimas de deslizamento na China

22 dezembro 2015

Secretário-geral manifestou condolências às vítimas de Shenzhen; agências de notícias informaram que pelo menos 80 pessoas continuam desaparecidas; terra e lama cobrem superfície de 380 mil metros quadrados e 10 metros de altura.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, disse esperar efetivamente que mais sobreviventes sejam encontrados com os esforços de resgate na sequência do deslizamento de terras na cidade de Shenzhen, na China.

De acordo com agências de notícias centenas de pessoas continuam a trabalhar nas operações de busca após o incidente ocorrido no domingo.

Desaparecidos

Os relatos apontam para cerca de 115 trabalhadores salvos de uma fábrica da cidade onde pelo menos 80 pessoas continuam desaparecidas. Mais de 900 foram transferidas depois do deslizamento que destruiu 33 edifícios.

O parque industrial da cidade foi coberto de terra e lama numa área de cerca de 380 mil metros quadrados e cerca de 10 metros de altura.

Ban Ki-moon destaca na nota a sua solidariedade ao povo e ao governo chinês.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud