Nenhum caso de ébola registado neste mês de dezembro

17 dezembro 2015

Organização Mundial da Saúde informa que todos os contactos associados aos últimos pacientes da Libéria já completaram os 21 dias de avaliação; até o dia 11, 210 pacientes tinham recebido vacina contra o vírus no país.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Até o momento não foi registado nenhum caso de ébola no mês de dezembro, segundo o último balanço divulgado pela Organização Mundial da Saúde, OMS, esta quarta-feira.

Todos os contatos associados aos últimos três pacientes com o vírus na Libéria já cumpriram os 21 dias de observação. A agência informa que um jovem de 15 anos morreu no dia 23 de novembro, mas que seu pai e seu irmão mais novo foram testados duas vezes e ambos os resultados deram negativos.

Período

Até a passada sexta-feira, 210 pessoas na Libéria haviam recebido a vacina contra o ébola, administrada pelo governo e pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos.

A avaliação da transmissão entre humanos, ligadas aos casos mais recentes na Libéria, será encerrada a 14 de janeiro. Na data, serão completados os 42 dias de observação após um segundo resultado negativo para o teste do ébola.

Mortes

Já na Serra Leoa, a possível transmissão entre pessoas ligadas ao surto foi declarada encerrada a 7 de novembro. O país está a seguir o período de 90 dias de vigilância rigorosa, que deve ser finalizado a 5 de fevereiro. O país foi declarado livre do ébola no mês passado.

A OMS destaca também que os governos da Libéria e da Serra Leoa implementaram sistemas de triagem de sémen e programas de aconselhamento para os homens que sobreviveram ao vírus.

O surto de ébola iniciou no ano passado e desde então, foram registados mais de 28,6 mil casos e 11,3 mil mortes. Além de Libéria, Guiné-Conacri e Serra Leoa, foram confirmados pacientes com o vírus na Itália, Mali, Nigéria, Senegal, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos.