COP 21: por segurança, marchas pelo clima são canceladas
BR

19 novembro 2015

Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática acontece em Paris, a partir de 30 de novembro; mais de 100 empresas se comprometeram com ações para combater aquecimento global; declaração foi assinada na Islândia.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Por questões de segurança, o governo francês decidiu não permitir as marchas pelo clima planejadas  para acontecer nas ruas de Paris e de outras cidades do país entre 29 de novembro e 12 de dezembro.

A capital francesa será sede da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, conhecida como COP 21, a partir de 30 de novembro.

Ataques Terroristas

Em nota em sua página na internet sobre o encontro, o governo afirmou que  “a situação criada pelos ataques hediondos de 13 de novembro e as investigações realizadas desde então exigem o aumento de medidas de segurança”.

Neste contexto, explica a nota, “todos os eventos que serão realizados em espaços fechados onde a segurança pode ser feita facilmente, serão mantidos”.

Por outro lado, para evitar riscos adicionais, o governo francês decidiu não permitir as marchas nas ruas.

De acordo com o comunicado, esta foi uma “decisão difícil de ser tomada”, mas que “no contexto atual, exigências de segurança prevalecem”.

Sociedade Civil

No entanto, a medida “não coloca em questão” a necessidade da COP 21 de receber a sociedade civil e suas organizações, “que terão papel muito importante na conferência”.

Na nota, o governo afirmou que a cúpula deve “permitir uma mobilização global pelo clima e espera-se que a sociedade civil desempenhe plenamente o seu papel”.

Empresas

Em uma declaração assinada esta semana na Islândia, 103 empresas e instituições se comprometeram a reduzir as emissões dos gases que causam o efeito estufa e reduzir o lixo.

As companhias também prometeram monitorar os resultados das medidas e divulgar as informações.

As 103 empresas que assinaram a declaração são de diversas áreas e tamanhos e incluem manufaturas, indústrias, serviços e universidades.

A declaração tem impacto direto na vida de mais de 70 mil pessoas.

Leia Mais: 

"Mudança climática também oferece oportunidade de transformação"

Ban elogia determinação da França em conter o terrorismo

Painel revela ações já disponíveis para reduzir emissões de gases

ONU condena ataques terroristas em Paris

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud