ONU vai criar frequência de rádio para detectar sinais de aviões
BR

11 novembro 2015

Acordo sobre a questão foi fechado durante Conferência Mundial das Nações Unidas sobre Radiocomunicação, em Genebra; medida vai possibilitar a localização de aeronaves perdidas como o jato da Malásia Airlines.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Representantes de 160 países reunidos na Conferência Mundial das Nações Unidas sobre Radiocomunicação, em Genebra, concordaram em criar uma frequência de rádio para detectar sinais de aviões.

O programa de rastreamento global tem como objetivo encontrar aeronaves civis envolvidas em acidentes ou que desapareceram do radar durante o voo.

Tempo Real

O sistema funcionará em tempo real e poderá ajudar a evitar a repetição da perda trágica do jato da Malásia Airlines, voo MH370, que desapareceu em março do ano passado com 239 pessoas a bordo.

O caso gerou uma discussão mundial sobre a implementação de um mecanismo de rastreamento e a necessidade de uma ação coordenada por todas as organizações envolvidas no setor aéreo.

A União Internacional de Telecomunicações, UIT, anunciou que uma faixa especial de rádio foi alocada para o serviço móvel por satélite aeronáutico. O sistema é chamado de “Terra para o Espaço” e as transmissões dos aviões serão captadas pelos satélites.

Posição Correta

Os especialistas explicaram que esses sinais vão indicar a posição correta dos aviões que se acidentaram ou caíram em qualquer lugar do mundo. O equipamento terá condições de detectar o aparelho até mesmo no fundo do mar.

O secretário-geral da agência da ONU, Houlin Zhao, disse que ao se alcançar um acordo na conferência, a UIT respondeu em tempo recorde às expectativas da comunidade global sobre a questão do rastreamento de aviões.

Segundo a União Internacional de Telecomunicações, o novo sistema vai permitir o rastreamento e a identificação de todos os aviões, em tempo real, durante o voo.

Leia Mais:

ONU avalia rápida evolução das tecnologias de comunicação

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud