Ban alerta contra redução na ajuda ao desenvolvimento
BR

11 novembro 2015

Recursos seriam utilizados na crise atual de refugiados; secretário-geral afirmou que o financiamento para uma área não deve vir “às custas de outra”. 

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, fez um alerta nesta quarta-feira: reduzir a assistência ao desenvolvimento para financiar o custo da questão atual de refugiados é contraproducente.

Ele declarou ainda que “ajudar pessoas que precisam não deve ser um jogo de soma zero”.

Desenvolvimento Sustentável

Em comunicado divulgado por seu porta-voz, Ban encorajou todos os governos a aumentarem a assistência internacional ao desenvolvimento enquanto o mundo se esforça para cumprir a “ambiciosa” Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

A declaração foi feita antes da reunião dos líderes dos países do G-20 que acontece neste fim de semana em Antália, na Turquia. O chefe da ONU participa de várias sessões no encontro.

Deslocamento Forçado

Com o mundo enfrentando “a maior crise de deslocamento forçado desde a 2ª Guerra Mundial”, Ban pediu à comunidade internacional que aborde este desafio sem diminuir seu compromisso com a “vital assistência oficial ao desenvolvimento”.

A nota do secretário-geral destacou a importância de financiar plenamente tanto as ações de assistência a refugiados e solicitantes de asilo, assim como iniciativas de desenvolvimento de longo prazo.

Ban afirmou ainda que o financiamento para uma área não deve vir “às custas de outra”. Ele disse ainda que tirar recursos da ajuda ao desenvolvimento neste momento “crucial” poderia “perpetuar desafios” que a comunidade global se comprometeu a resolver.

Leia Mais:

Relatório do Banco Mundial quer manter 100 milhões fora da pobreza

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud