ONU anuncia destruição de armas em Abyei

11 novembro 2015

Ato contou com a presença de comunidade, agências da ONU e monitores do Sudão e do Sudão do Sul; missão das Nações Unidas promete ação contínua para ter a área disputada livre de armas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Força Interina das Nações Unidas de Segurança para Abyei, Unifsa, anunciou esta quarta-feira a primeira destruição de armas na área sudanesa.

De acordo com a Unifsa,  no ato estiveram presentes representantes da comunidade, de agências da ONU e monitores do Sudão e do Sudão do Sul.

Desmilitarização

A administração da região rica em recursos naturais é disputada pelos dois países. A 20 de junho de 2011 foi assinado um acordo que previa a desmilitarização da área sudanesa e a criação de uma administração conjunta.

A missão anunciou que continua a trabalhar para que  Abyei esteja livre de armas.

Solução

O entendimento do Governo do Sudão e a contraparte sul-sudanesa do Movimento de Libertação do Povo do Sudão, Splm, estabelecia uma administração temporária de Abyei a anteceder uma solução a longo prazo.

O referendo para determinar o futuro da região ainda não tem data marcada.

Leia Mais:

ONU preocupada com falta de avanços entre Sudão e Sudão do Sul

Conselho de Segurança deplora situação "de segurança volátil" em Abyei

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud