Acnur distribui assistência no leste da Ucrânia pela 1ª vez em meses
BR

9 novembro 2015

Agência chegou a 12 mil pessoas, “uma pequena gota em um oceano de necessidades”, e tem planos de expandir a ajuda com a chegada do inverno rigoroso.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, conseguiu entregar ajuda pela primeira vez em mais de dois meses, em áreas fora do controle do governo, no leste da Ucrânia.

Segundo a agência, nestes locais, 2 milhões de pessoas precisam urgentemente de assistência.

Ajuda Vital

O Acnur chegou a 12 mil pessoas, “uma pequena gota em um oceano de necessidades”, e tem planos de expandir a assistência com a chegada do inverno rigoroso.

A ajuda vital, incluindo material de construção e cobertores, chegou a Luhansk em nove caminhões no sábado, o primeiro comboio da ONU a alcançar a cidade.

Inverno

Este combio é o primeiro de diversos planejados para levar ajuda humanitária a Luhansk.

Com restrições de movimento, muitas pessoas enfrentam insegurança e desafios para chegar a instalações de saúde e educação.

Em alguns locais remotos, o acesso a bens e serviços básicos permanece limitado, especialmente para os idosos e os doentes.

Com a queda das temperaturas na região, abrigos devem ser entregues rapidamente a pessoas vivendo em prédios onde não há janelas, portas, telhados ou aquecimento.

Além disso, milhares de pessoas deslocadas precisam de cobertores, roupas e sapatos de inverno, além de combustíveis para aquecimento.

Leia Mais:

 Ucrânia: subsecretário-geral da ONU pede acesso humanitário urgente | Rádio das Nações Unidas