Milhares de líbios serão envolvidos em ações de sensibilização sobre minas

29 outubro 2015

Centenas de sessões devem envolver comunidades do sul do país; mobilizadores comunitários foram formados em duas semanas na Tunísia com o financiamento do Serviço das Nações Unidas Contra Minas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Milhares de líbios de grupos de risco devem ser sensibilizados sobre o perigo de minas e receber informação sobre segurança e prevenção de acidentes com o tipo de engenhos explosivos.

O Serviço das Nações Unidas Contra Minas, Unmas, financia o projeto que este ano prevê realizar cerca de 280 sessões em sete comunidades do sul do país.

Deslocados

A Líbia regista confrontos entre fações desde a revolução de 2011 que culminou com o derrube do antigo líder Muammar Kadafi. A situação é marcada por divisões políticas e episódios de violência que obrigaram centenas de milhares de pessoas a abandonar as suas casas.

O foco das ações contra minas serão jovens do ensino secundário e superior em áreas com deslocados e populações anfitriãs de Fezzan. Até dezembro a meta é atingir cerca de 5,6 mil pessoas.

Em duas semanas, 16 mobilizadores comunitários foram formados em sessões que abordaram o risco dos engenhos em Zarsis na Tunísia.

Guerra

A iniciativa faz parte do projeto de educação sobre o risco de minas e remanescentes explosivos nas áreas afetadas pelo conflito.

O Grupo de Desminagem Dinamarquês, DDG, esteve a cargo da formação com fundos atribuídos pelo governo japonês. O curso envolveu sessões práticas com simulações entre mobilizadores e membros da comunidade, com os quais os participantes deverão interagir.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud