Perspectiva Global Reportagens Humanas

Ban pede que haitianos exerçam direito democrático de votar BR

Forças da Minustah, lideradas pelo brasileiro Ajax Porto Pinheiro, no Haiti. Foto: ONU/Igor Rugwiza

Ban pede que haitianos exerçam direito democrático de votar

Secretário-geral da ONU fez referência às eleições presidenciais e legislativas de domingo, 25 de outubro; ele pediu a todos os partidos, candidatos e simpatizantes que encerrem a campanha eleitoral pacificamente.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, saudou a próxima fase do processo eleitoral no Haiti que vai ocorrer no domingo que vem.

Em comunicado divulgado esta quinta-feira, Ban pediu aos haitianos que exerçam seu direito democrático de votar no primeiro turno das eleições presidenciais e municipais e no segundo turno das legislativas, em 25 de outubro.

Conselho Eleitoral

Ele elogiou as instituições haitianas, em particular o Conselho Eleitoral e a polícia nacional do Haiti, pelas medidas adotadas para facilitar uma votação pacífica, inclusiva e transparente.

O chefe da ONU lamentou a violência ocorrida em algumas regiões durante o primeiro turno das eleições legislativas, em 9 de agosto. Ele pediu as autoridades que assegurem que os responsáveis por qualquer tipo de violência eleitoral sejam levados à justiça.

Aspirações Democráticas

Ban pediu também a todos os partidos políticos, candidatos e eleitores que encerrem a campanha eleitoral de forma pacífica e que resolvam as disputas que possam surgir através dos meios legais.

O secretário-geral quer que todos apoiem o Conselho Eleitoral na próxima fase do processo.

Ban reafirmou o compromisso da ONU em dar apoio total ao povo haitiano no cumprimento de suas aspirações democráticas.

Leia Mais:

Garantir eleições pacíficas é prioridade do novo comandante no Haiti

Entrevista: novo comandante da Minustah

Mandato da Missão da ONU no Haiti segue até 2016