PMA fornece ajuda humanitária para famílias que fogem de Kunduz
BR

12 outubro 2015

Agência da ONU está dando alimentos e outros produtos nutritivos às pessoas que deixam a região no Afeganistão; área é a mesma onde um hospital da ONG “Médicos Sem Fronteiras” foi bombardeado no início do mês.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, está fornecendo ajuda humanitária às famílias que estão fugindo de Kunduz, no norte do Afeganistão.

A cidade é a mesma onde um hospital da ONG “Médicos Sem Fronteiras” foi bombardeado no início deste mês.

Preocupado

Segundo a agência da ONU, as pessoas estão recebendo alimentos e outros produtos nutritivos. O PMA disse que está “profundamente preocupado” com a situação de segurança e de comida para as pessoas que continuam vivendo na região.

Em comunicado, a agência afirmou que também está prestando assistência a mais de 1000 famílias em Mazar-e-Sharif e Taluqan.

As autoridades disseram que neste momento a agência tem capacidade de enviar comida, por um mês, para aproximadamente 12 mil famílias.

Mas o PMA alerta que precisa de mais US$ 30 milhões, o equivalente a R$ 115 milhões, para cobrir as operações durante o inverno na região, entre dezembro e março do ano que vem.

A agência planeja ajudar 3,9 milhões de afegãos considerados vulneráveis em todas as 34 províncias do país.

Leia Mais:

ONU condena ataque aéreo a hospital no Afeganistão

Para Gueterres, ignorar o Afeganistão seria "erro perigoso"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud