OMS quer ação urgente de proteção à saúde contra mudança climática
BR

7 outubro 2015

Agência da ONU afirmou que a mudança climática representa a maior ameaça à saúde global no século 21; chefe da organização disse que “soluções existem e o mundo precisa agir de forma decisiva”

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, quer uma ação urgente para proteger a saúde dos efeitos causados pela mudança climática.

Segundo a agência da ONU, a mudança climática representa a maior ameaça à saúde global no século 21.

Risco

A diretora-geral da organização, Margaret Chan, disse que “as evidências são esmagadoras. A mudança climática coloca em risco a saúde humana.”.

Segundo ela, “já existem soluções e o que o mundo precisa fazer é agir de forma decisiva para mudar essa trajetória”.

A OMS afirmou que o acordo sobre o clima, que será firmado em Paris, em dezembro, talvez seja o mais importante documento relacionado à saúde neste século.

Oportunidade

Para a organização, será uma oportunidade não só de reduzir os efeitos da mudança climática e suas consequências, mas também para promover ações que levem a benefícios de saúde.

A OMS quer um acordo com medidas concretas que limitem a mudança climática e aumentem os financiamentos para o setor, incluindo o sistema de saúde.

Além disso, a organização quer a implementação de ações que melhorem a saúde das pessoas, inclusive reduzindo o número de mortes de câncer e de doenças respiratórias e cardiovasculares, que são causadas pela poluição do ar.

Leia Mais:

Moçambique citado por progressos na oferta de cuidados paliativos

OMS lança novas orientações para o tratamento de pessoas com HIV

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud